ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

O ano de 2020 vai ser ótimo para o setor de transportes e logística

O ano de 2019 foi, apesar de conturbado, uma ótima rampa para 2020, que já está chegando. Este ano de 2019 registra um crescimento contínuo e com os “pés no chão”, sem grandes incentivos fiscais e outras artimanhas políticas para alterar dados que criaram bolhas econômicas no passado.

Graças a esse crescimento econômico com firmeza, 2020 deve ser um ano ótimo para o setor de transportes, com avanço no número de cargas transportadas, graças à economia em reação, mas também com cada vez mais tecnologia e agilidade no setor.

Falando apenas em vendas de caminhões, 2020 pode registrar um crescimento na ordem de 20% sobre o total vendido neste ano, em que se projetam 102 mil unidades até dezembro. Ou seja, em 2020, podem ser emplacados cerca de 120 mil caminhões no Brasil.

A venda de caminhões é um excelente termômetro da economia. Quando se vendem caminhões é porque há cargas para transportar. E, muitas empresas, além da renovação programada de frota, têm feito investimentos milionários para a ampliação do número de veículos.

O número de fretes em alta, graças ao crescimento econômico, também faz as empresas investirem em tecnologias, que devem ganhar, cada vez mais, as estradas em 2020.

Entre elas está a IoT, uma sigla cada vez mais usada, que significa Internet das Coisas (Internet of Things), em que os equipamentos, caminhões, embarcadores e outros agentes de transportes estão conectados em nuvem para gerenciamento centralizado das operações. Isso facilita saber e programar com mais eficiência as coletas e entregas de cargas, agilizando o processo como um todo.

Junto com a Internet das Coisas, começa a ganhar força no setor de transportes a inteligência artificial, em que computadores passam a analisar e aprender as operações feitas por humanos, também facilitando as operações. Um exemplo disso são as montadoras de caminhões, que, com os caminhões conectados em nuvem graças à IoT, conseguem prever e programar melhor as manutenções, em intervalos personalizados de acordo com cada operação, trajeto, carga etc., reduzindo o número de paradas e ganhando em tempo de disponibilidade total do veículo.

Com todo o ganho tecnológico esperado para 2020, além da agilidade nos processos, o setor ganha em sustentabilidade, já que, com uma melhor gestão, os serviços passam a ser mais eficientes, gastam-se menos recursos, como combustíveis, e reduz-se a quantidade de emissões de poluentes.

Ou seja, com tudo o que se espera para 2020, devemos ter um ano excelente para o nosso setor.

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin